Revista Brasileira de Avaliação
http://www.rbaval.periodikos.com.br/article/doi/10.4322/rbma201203002
Revista Brasileira de Avaliação
Artigo Original

O Programa Bolsa Família tem efeito pró-natalista? Uma análise da fecundidade nos Censos 2000 e 2010 e das perspectivas a partir do Brasil Carinhoso

Luciano Oliva Patrício

Downloads: 3
Views: 370

Resumo

Apesar da acentuada queda de fecundidade verificada no Brasil nos últimos quarenta anos, processo este que trouxe a Taxa de Fecundidade Total para abaixo do nível de reposição neste início de século XXI, persiste no imaginário coletivo a impressão de que os pobres têm muitos filhos, e que os programas governamentais de transferência de renda tenderiam a estimular a fecundidade entre a população pobre ou extremamente pobre.

Este trabalho procura enfrentar esta questão2 à luz da literatura nacional e internacional, bem como analisar as tendências reveladas pelos microdados da amostra do Censo de 2010, recentemente divulgadas pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Palavras-chave

Programa Bolsa Família; Fecundidade; Efeito Natalista

Referências

ARIÈS, P. Two successive motivations for the declining birth rates in the west. In: HÖHN, C.; MACKENSEN, R. (Ed.). Determinants of fertility trends: theories re-examined. Population and Development Review, New York, v.6, n.4, p.645-650, 1980.

BERQUÓ, E.; CAVENAGHI, S. Mapeamento sócio- -econômico e demográfico dos regimes de fecundidade no Brasil e sua variação entre 1991 e 2000. In: ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS POPULACIONAIS, 14., 2004, Caxambu. Anais... Belo Horizonte: ABEP, 2004.

BORGEOIS-PICHAT, J. The Unprecedented Shortage of Births in Europe. Population and Development Review - A Supplement to Volume 12, 1986.

CARVALHO, J. A. M. Para onde iremos: algumas tendências populacionais no século XXI. Revista Brasileira de Estudos de População, São Paulo, v.18, n.1/2, p.7-13, jan./dez. 2001.

CHESNAIS, J. C. Fertility, family, and social policy in Contemporary Western Europe. Population and Development Review, New York, v.22, n.4, p.729-739, dec.1996.

______. La theorie originelle de la transition demographique: validite et liuites du modeles. 1986a

______. La transition démographique: étapes, formes, implications économiques: etude de séries temporelles (1720-1984) relatives à 67 pays. Population, New York, v.41, n.6, p.1059-1070, nov./dec.,1986b.

CLIQUET, R. L. La deuxième transition démographique: réalité ou fiction? Council of Europe, Études demographiques, n.23, 1991.

COLEMAN, D. Why we don’t have to believe without doubting in the ‘Second Demographic Transition’: some agnostic comments. Population and Development Review, New York, v.32, n.3, 2004.

COLEMAN, David Immigration and Ethnic Change in Low-Fertility Countries: A Third Demographic Transition, POPULATION AND DEVELOPMENT REVIEW, v. 32, n.3.

FARIA, V. E. Políticas de Governo e regulação da fecundidade: consequências não antecipadas e efeitos perversos. Ciências Sociais Hoje. São Paulo: Vértice/ANPOCS, 1989.

FUNDAÇÃO IBGE. Censo Demográfico 2010. Rio de Janeiro, 2010.

______. Censo Demográfico 2000. Rio de Janeiro, 2000.

______. Censo Demográfico 2010. Rio de Janeiro, 2010.

LESTHAEGHE, R.; SURKYN, J. When history moves on: the foundation and diffusion of a second demographic transition in western countries: an interpretation. In: BIENNIAL CONFERENCE OF THE AUSTRALIAN POPULATION ASSOCIATION, 12., 2004, Australia. Anais ... Australia: Australian Population Association, 2004.

McDONALD, P. Gender equity, social institutions and the future of fertility. In: COSIO-ZAVALA, M. E. Women and families: evolution of the status of women as a factor and consequence of changes in family dynamics. Paris: CICRED/UNFPA/UNESCO, 1997.

MERRICK, T.; BERQUÓ, E. The determinants of Brazil’s recent rapid decline in fertility. Washington: National Academies Press, 1983. (Report, nº 23).

PAIVA, P. T. A. The process of proletarianization and fertility transicion in Brazil. , Belo Horizonte, CEDEPLAR, 1984. (Texto para Discussão, nº 15).

PATARRA, N. L. Transición demográfica: resumen histórico o teoria de población. Demografia y Economia, México, v.3, n.1, p.86-95, 1973.

THERBORN, G. Casais, bebês e estados. In: ______. Sexo e poder: a família no mundo, 1900-2000. São Paulo: Contexto, 2006.

5f40030f0e88251f2a013349 1598015026 Articles
Links & Downloads

Revista Brasileira de Avaliação

Share this page
Page Sections